Flor de cera: Uma das mais belas Flores ornamentais

Delicada e repleta de beleza, podemos encontrar na Flor de cera uma ótima opção para cultivar, tornando espaços tanto internos quanto externos muito mais bonitos.

Mas é claro, associado ao seu uso é preciso que entenda também de outros detalhes, a exemplo dos cuidados que deve ter com ela. Para essas e outras informações, siga conferindo logo abaixo:

1. De aparência delicada, a Flor de cera tem um pequeno porte, mas ainda assim consegue chamar bastante atenção pela sua beleza, além de os seus galhos conseguem apresentar uma altura considerável.


2. Dessa forma, enquanto as flores em si não crescem muito, o tamanho da planta de modo mais geral pode chegar acerca de 15 metros de altura entre cachos que possibilitam o seu cultivo em diversas áreas.







3. Por sinal, ainda que more em apartamentos e veja na questão de espaço um possível problema, podemos ressaltar que nesse caso surge a opção de manter a Flor de cera de forma pendente.

4. Dessa maneira poderá aproveitar melhor o espaço que possui, incluindo varandas, locais próximos à janelas e diversas outras áreas, desde que para isso considere alguns dos elementos fundamentais para os seus cuidados.

5. Dentre eles, está o fato de que a Flor de cera não deve estar suscetível ao abalo de ventos fortes, sendo necessário resguardá-las nesse quesito para a manutenção saudável das suas flores.





6. Ainda assim, caso conte com um espaço externo interessante, ela pode se tornar parte de canteiros. Para isso, pode apostar em uma pequena barreira de contenção que sirva como segurança ao longo de períodos com maior ocorrência de ventos.

7. Mas em espaços internos talvez seja o melhor local onde realizar o seu cultivo, e a essa altura já podendo ressaltar também outros cuidados básicos que colaboram para essa afirmação.







8. Exemplo disso é o quesito iluminação, visto que essa planta demanda somente a oferta de luz solar indireta, sem que seja preciso contar com uma incidência tão forte da mesma.

9. Por conta disso, espaços de meia sombra já são ideais para o seu cultivo, ressaltando mais uma vez como o posicionamento próximo à janelas pode ser algo positivo para o seu desenvolvimento.

10. Isso se deve ao fato de que a delicadeza das flores não está somente em sua aparência, e na prática vemos que a luz solar direta pode acabar queimando a mesma, fazendo com que percam vida.

11. E caso você já esteja considerando a possibilidade de ter a sua própria Flor de cera, vale a pena mencionar que precisará de tempo para a realização de cuidados que se mostram contínuos, a exemplo da rega.

12. Assim, ela deve ser regada de forma frequente a fim de que possa ser mantida a umidade do solo. Ou seja, sempre que perceber que ele está seco, é hora de regar novamente.

13. No entanto, é preciso ter cuidado para não fazer com que a terra fique encharcada. Por isso, opte por fazer regas rápidas, mas frequentes, sobretudo nos primeiros momentos onde ainda estará se adaptando aos cuidados que precisará ter.

14. Inclusive, não se esqueça que quanto mais encharcado estiver o solo, maior será a probabilidade de que ele se torne um espaço favorável para a proliferação de fungos, interferindo diretamente na saúde da planta.

15. Aliás, essa é uma planta que pode sim se desenvolver em regiões de maior umidade, ao contrário do que acontece com outras plantas, sobretudo as florais. Contudo, a atenção deve ser redobrada antes da irrigação.

16. Já no que diz respeito ao solo, vale a pena investir em um que seja rico em matéria orgânica, o que é possível conquistar com o uso de adubos que podem ser comprados já prontos para uma maior facilidade.

17. Esse detalhe fará com que a terra apresente uma maior fertilidade e claro, isso será primordial para o crescimento devido da planta. E caso prefira, ainda pode fazer a fertilização de forma caseira.

18. Para isso, há materiais simples que são ricos em matéria orgânica e podem nos ajudar, conforme é o caso de cascas de frutas como a banana ou até mesmo a borra de café, desde que sem açúcar.

19. Já com relação ao vaso você terá uma vasta pluralidade de opções para realizar a escolha, sendo indicado somente que ele possua ao menos 20cm de diâmetro para proporcionar o seu crescimento.

20. Lembre-se também de deixar espaço livre ao redor do local onde a planta se fará presente, visto que essa é uma espécie trepadeira e ter outras plantas muito próximas a ela pode não funcionar bem.

21. Como você já deve ter percebido ao longo desse post, a Flor de cera possui uma diversidade bem considerável de tons, incluindo principalmente o branco e o rosa que são os mais frequentes.

22. Ainda sobre a aparência das flores, podemos evidenciar que possuem um formato de estrela, além das pétalas terem uma aparência carnuda que é bem diferente daquilo que estamos acostumados a ver.

23. Associado a isso, ainda que não esteja entre as espécies mais exóticas, essa é uma opção diferente e muito bonita para ter em casa, fazendo com que seu lar ganhe um toque muito mais especial de acordo com a sua presença.

24. Mas vale a pena ressaltar que as flores surgem na primavera de modo mais específico, durante até o final do verão. Porém não se preocupe, pois logo se renovam.

25. Para comprar a sua, o valor médio é de cerca de R$35, havendo diversas variações que sofrem com a influência de lugar, tonalidade e outros tantos fatores que são igualmente importantes.

26. Tenha também em vista que a sua floração leva cerca de dois anos para acontecer, período ao longo do qual será preciso manter os cuidados de forma recorrente e bastante atenta.

27. Porém, o que você pode fazer é comprar uma muda que já tenha quase dois anos, assim poderá contar com sua floração em um menor espaço de tempo caso prefira.

28. Nesse primeiro momento, as flores tendem a surgir em menor quantidade. No entanto, pode se tranquilizar quando isso acontecer, pois na próxima primavera contará com uma maior quantidade das mesmas.

29. E como tem se tornado cada vez mais popular, tendo uma busca frequente, poderá encontrar a Flor de cera para compra com certa facilidade, tornando bem mais simples ter a sua.

30. Esse post vai ficando por aqui, mas esperamos que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre a espécie e saber sobre todas as possibilidades que ela possui no que diz respeito a ornamentação.

Jardins